Desenvolvido por: SIGEP - Sistema Integrado de Gestão Pública

Cidade de Goiás recebe novo Cine Teatro São Joaquim

Postado em 05/jun/2017


9

O local é berço de inúmeras manifestações artísticas na antiga capital goiana, passando do teatro à dança, da música ao cinema

Nesta sexta-feira (2), o Cine Teatro São Joaquim, localizado na Cidade de Goiás (GO), reabre suas portas depois de passar por uma grande obra de requalificação, realizada com investimentos de R$10,09 milhões do PAC Cidades Históricas.

A expectativa é que o Cine Teatro São Joaquim se consolide como o principal equipamento cultural do interior do estado de Goiás, dinamizando a vida cultural da cidade e atraindo desenvolvimento econômico e social.

A obra foi iniciada em julho de 2015 e teve, entre seus desafios, a busca por uma solução arquitetônica que melhor contextualizasse o edifício em relação a seu entorno.

Participam da entrega da obra a presidente do Iphan, Kátia Bogéa, o diretor do PAC Cidades Históricas, Robson de Almeida, a superintendente do Iphan/GO, Salma Saddi, o governador Marconi Perillo e a prefeita de Goiás, Selma Bastos, entre outras autoridades, reforçando a parceria entre os governos federal, estadual e municipal para a execução da ação.

Obra

A obra de requalificação do governo federal atendeu às condições de acessibilidade universal e reequipou o Cine Teatro com novos sistemas de cênica, luminotécnica, acústica, projeção, refrigeração, prevenção de incêndio, subestação de energia e gerador, além de ampliação do backstage, área técnica, camarins e administração.

Outro destaque da intervenção é a incorporação de um painel artístico ao foyer, com autoria do artista plástico e intelectual goiano Elder Rocha Lima, retratando a Serra Dourada.

Cine Teatro São Joaquim

O Teatro São Joaquim é o teatro mais antigo do estado de Goiás e considerado o primeiro teatro do Centro-Oeste. Foi inaugurado em 1857, no Beco da Lapa, na Cidade de Goiás.

Logo no início, o teatro exibia peças dos grandes centros, São Paulo e Rio de Janeiro.

Com a mudança da capital e, consequentemente, transferência dos funcionários para Goiânia, o Teatro São Joaquim entrou em decadência e, algum tempo depois, transformou-se em ruínas.

Nos anos 1980, o estado então adquiriu o prédio onde existia o Cine Anhanguera, que também estava sendo desativado. E em 1992, reativou no novo espaço, e o sonho de muitos goianos se tornou realidade: o Teatro São Joaquim voltou a ser palco de grandes espetáculos.

Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério da Cultura e da Superintendência Executiva de Cultura do Goiás